evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat istanbul nakliyat şirketleri nakliyat maslak evden eve nakliyat sisli evden eve nakliyat kartal evden eve nakliyat silivri evden eve nakliyat pendik evden eve nakliyat kozyatagi evden eve nakliyat bahçeşehir evden eve nakliyat istanbul escort escort bursa agar prison break izle sex videos Antalya Escort
Escort berlin Escort berlin
Projetos de Sistemas de Aterramento: Teoria e Prática - (1ª Turma)
Narrow screen resolution Wide screen resolution Auto adjust screen size Increase font size Decrease font size Default font size

>> ASTEF - Conhecimento, Experiência e Competência

evden eve nakliyat istanbul nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat depolama nakliye

Projetos de Sistemas de Aterramento: Teoria e Prática - (1ª Turma)

 


OBJETIVO 
Os procedimentos de projeto, manutenção, inspeção e a execução de sistemas de aterramento seja para aplicações comerciais e industriais envolve o conhecimento prévio de várias normas técnicas vigentes nacionais e internacionais. As bibliografias técnicas existentes não contemplam todas as normas atualizadas bem como os procedimentos práticos de campo. Neste contexto o treinamento proposto tem como premissa a abordagem completa desde a concepção inicial de projeto até a execução final, bem como inspeção para verificação da funcionalidade e integridade do sistema de aterramento. O curso se divide em duas partes sendo: uma primeira parte teórica para familiarizar os interessados quanto as normas técnicas vigentes e todo o subsídio teórico para a realização das atividades de engenharia e uma segunda parte prática com estudos dirigidos e medições em campo.


PÚBLICO ALVO

O treinamento é dirigido a engenheiros, projetistas, técnicos, instaladores e pessoal da área de projetos e manutenção industrial, comercial e residencial, bem como estudantes que estejam interessados

em conhecer as premissas de projeto, manutenção e execução de sistemas de aterramento conforme as exigências das normas vigentes.

 


EMENTA

Capítulo 1 – Apresentação das normas aplicáveis a sistemas de aterramento nacionais e internacionais

Definição de sistemas de aterramento

Principais finalidades e requisitos a serem atendidos

Apresentação das normas aplicáveis

Objetivos e campos de aplicação de cada norma

 

Capítulo 2 – Introdução a Sistemas de Aterramento

Esquemas de aterramento de baixa tensão de acordo com a ABNT NBR 5410/04 - Instalações elétricas de baixa tensão (TT, TN-S, TN-C, TN-C-S, IT)

Conceito de equipotencialização (BEP, BEL)

Segurança em sistemas de aterramento

Faixas de corrente toleráveis

Limites de corrente toleráveis pelo corpo humano

Circuitos equivalentes durante a falta

Critério da máxima tensão tolerável

Apresentação dos materiais utilizados em sistemas de aterramento

 

Capítulo 3 – Procedimento de Projeto

Definições

Conceitos gerais

Eletrodos de aterramento principal e auxiliar

Aspectos básicos do projeto de aterramento

Projeto em condições desfavoráveis

Conexões para malha de aterramento

Proteção contra corrosão em sistemas de aterramento

 

Capítulo 4 - Dimensionamento dos condutores utilizados em sistemas de aterramento

Requisitos da ABNT NBR 15751:2009 - Sistemas de aterramento de subestações

Requisitos da IEEE 80:2013 – IEEE Guide for Safety in AC Substation Grounding

 

Capítulo 5 - Estratificação do solo;

Conceito, critérios para determinar a resistividade característica de determinado solo, conforme a norma ABNT NBR 7117:2012;

Resistividade aparente;

Estratificação do solo pelo método gráfico

 

Capítulo 6 - Dimensionamento de sistemas de aterramento compostos por hastes verticais e horizontais em diversas configurações, tais como:

Eletrodo vertical Linear

Eletrodo vertical em Quadrado vazio

Eletrodo vertical em Quadrado cheio

Eletrodo vertical em Triângulo

Eletrodo horizontal, sem e com hastes

Eletrodos horizontais em malha, sem e com hastes

Eletrodos horizontais com haste em circunferência

Exemplos aplicados

 

Capítulo 7 – Dimensionamento de sistemas de aterramento especiais

Aplicação em Telecomunicações

Aplicação em Equipamentos sensíveis (inclusive processamento de dados - CPD)

Aplicação em Malhas de referência de sinal (MRS) conceito, dimensionamento e instalação;

Exemplos aplicados

 

Capítulo 8 - Tecnologia utilizada na infraestrutura de aterramento que utiliza as armaduras das fundações

Método de medição da continuidade elétrica, através do valor da resistência de contato das armaduras das fundações, colunas e vigas, de acordo com a ABNT NBR 5419:2015 - Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas - Parte 4;

Equipamento utilizado nas medições da resistência de contato, valores máximos admissíveis e os normalmente encontrados;  

 

Capítulo 9 - Soluções especiais para solos com alto valor de resistividade;

Configurações especiais de sistemas de aterramento

Tratamento do solo

 

Capítulo 10 - Medições em sistemas de aterramento

Métodos de medição e resistividade do solo, de acordo com a norma ABNT NBR 7117:2012 - Medição da resistividade e determinação da estratificação do solo;

Métodos de medição da resistência de aterramento conforme a ABNT NBR 15749:2009

Medições dos potenciais na superfície do solo conforme a ABNT NBR 15749:2009

- Tensão de toque;

- Tensão de passo;

- Tensão de transferência.

 

Capítulo 11 – Estudos de Caso Aplicados;

Passos para elaboração de um projeto de aterramento

Exemplo prático 1

Exemplo prático 2

Exemplo prático 3

 

Capítulo 12 – Inspeção e Levantamentos em campo

Inspeção, manutenção e documentação de um sistema de aterramento: Objetivos, periodicidade e emissão da documentação

Como fazer as medições necessárias para atender as normas aplicáveis

Medição da resistividade do solo, onde supostamente irá ser implantado um novo sistema de aterramento

Traçado da curva característica de resistividade do solo com a modelagem (estratificação) do solo sob medição

Medição da resistência de aterramento de um sistema de aterramento já implantado com o traçado de sua curva característica

Medição das tensões de toque e passo numa malha de aterramento

Execução prática de soldas exotérmicas em campo
           Modelo de laudos de Aterramento

 


INSTRUTOR
Prof. M.Sc. Eng. Carlos Gustavo Castelo Branco

possui Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará (2002) e mestrado em Engenharia Eletrica pela Universidade Federal do Ceará (2005). Durante o Mestrado trabalhou em Projetos de P&D na área de Fontes Ininterruptas de Energia(UPS) e Conversores de Alta Potência. Desde 2005 trabalha na área de Pesquisa e Desenvolvimento de sistemas UPS Isolados em Alta Frequência, Sistemas de Energia Fotovoltaica, Acionamentos de Máquinas e Geração Eólica. Atualmente é professor adjunto do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Ceará atuando nas Disciplinas de Instalações Elétricas Prediais e Industriais. Tem experiência de atuação como perito criminal na área especialidade Engenharia Elétrica junto a Justiça Federal do Ceará. Atua também como consultor técnico na área de Instalações Elétricas, Qualidade de Energia, Eficiência Energética, Energias Renováveis, Eletrônica de Potência, Proteção de Sistemas Elétricos de Potência e Sistemas Elétricos. É palestrante na área de Engenharia Elétrica sendo membro do IEEE e SOBRAEP. Já desenvolveu mais de 300 consultorias relacionadas a manutenção, projeto, execução, inspeção e laudo de instalações elétricas prediais, comerciais e industriais.


COORDENADOR

Prof. M.Sc. Eng. Carlos Gustavo Castelo Branco


CERTIFICADO
O aluno que obtiver frequência igual ou superior a 75% receberá o CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO.


VAGAS
25 vagas


CARGA HORÁRIA
32 horas/aula


PERÍODO / HORÁRIO
De BREVE
De 2ª à 6ª feira: Das 18:30h às 22:00h,
Sábado e Domingo: Das 08:00h às 18:00h


VALOR DO INVESTIMENTO
R$ 1.250,00 – Profissional

R$ 1.000,00 – Estudante

R$ 1.187,50 – Associado ABEE-CE

Os estudantes deverão enviar (por e-mail -   
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ) uma declaração da instituição de ensino (papel timbrado), com data recente, contendo o seu nome completo e o número da sua matrícula, informando que você está devidamente matriculado.


INSCRIÇÕES
on line: www.astef.ufc.br 

Pagamento através da PagSeguro, aceita todas as bandeiras de cartão de crédito e dá a opção de parcelar em até 10 vezes.


LOCAL DO CURSO
A divulgar


INFORMAÇÕES GERAIS
1. A ficha de inscrição deverá ser preenchida online: www.astef.ufc.br;

2. Será disponibilizado o link com o material, bem como um vasto material de referência para download;

3. Se até a data indicada, o pagamento não tiver sido efetivado, o pedido de inscrição será automaticamente cancelado;

4. Se o número de vagas não for preenchido a ASTEF reserva-se o direito de NÃO realizar o curso e haverá devolução do valor anunciado. A ASTEF não se responsabilizará pelos encargos do cartão de crédito;

5. OBSERVAÇÃO: O tempo do curso é calculado considerando a hora/aula de 50 minutos, conforme o Parecer CNE/CP nº 2/2009;

6. Caso haja desistência por parte do aluno, devolveremos 80% do valor pago. O prazo de devolução é de até 30 dias (úteis) após a solicitação formal e recebimento de todas as informações bancárias.




OUTRAS INFORMAÇÕES
ASTEF - Serviços Tecnológicos
Fone/Fax :+55 85 3458 7068
Cel.: (85) 99177 37 88 - Alessandra
Cel. :(85) 98818 4114 - Dalva
Homepage:
http://www.astef.ufc.br/

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


Faça sua Inscrição Agora!

PROFISSIONAL

ESTUDANTE 

ASSOCIADOS ABEE-CE

PESSOA JURÍDICA